quinta-feira, 11 de agosto de 2011

....


Me encerro e me permito divagar em pensamentos, divagações, fantasias, invento e reinvento, nunca deixei de ser criança, nunca deixei de falar e fazer bobagens, mas as vezes a história se reverte, e tenho que por pedras em meus bolsos e encarar as ventanias. Não facilito com a palavra amor, mas nunca deixo de amar. 

4 comentários:

reflexão disse...

O amor é a essência da vida. É o propósito de nossa exitência eterna. E o que nos faz seres humanos. Então não podemos deixar de amar.

Um brasileiro disse...

oi. tudo blz? estive aqui dando uma olhada. muito legal. apareça por la. abraços.

Jutilandia Ferreira disse...

Olá!
Divulgo o "PROJETO SINTONIA"
venho pedir a colaboração com o valor que puder - se puder...
acreditamos na força da UNIAO se cada um ajudar o auxilio pode chegar a quem precisa adote alguem! todo trabalho tem custos, temos profissionais voluntários, mas temos custo com lugar, material didático e etc...
passe essa mensagem adiante, já estara colaborando!

http://jutilandia-terapeuta.blogspot.com/

Jutilandia Ferreira disse...

ADOREI a frase...não facilito com a a palavra amor, mas tambem não deixo de amar....!!! barbaro!

VISITAS DESDE 01/03/09